RSS

A indústria do consumo de artigos para bebês

Impressionante a quantidade de coisas que hoje em dia são indicadas para um bebê, e te vendem os artigos como fundamentais, o que alguns concordo que até são, porém outros nem tanto assim:
  • Bebê conforto, o carrinho, a banheira com trocador, trocadores portáteis, muitas fraldas descartáveis, muitos bodies, Kit higiene(com garrafa térmica), móbile, um quartinho fofo, muitas roupinhas, curso para gestantes, saquinhos para colocar cada muda de roupa do bebê para maternidade (custam em média 6 reais), segura-bebê, kits berço, kits malas, mantas, etc...
Os pais de primeira viagem ficam perdidos em meio a tanta coisa, sem saber o que é necessário de verdade ou supérfluo. E eu fico me perguntando, sobre a vida de nossas mães, avós e bisavós...sem nada disso e estão aí os filhos no mundo...
Fiz uma pesquisa de preço de cursos para gestantes, já que aqui eu não posso contar mesmo com familiares porque moram longe, eu e marido e Davi teremos que nos virar...O preço varia de 120 reais (Barra Dor, no Rio) a 250 reais(Perinatal, no Rio), por 12 horas de curso mais ou menos. Esses cursos incluem orientações para uma gravidez saudável, cuidados com o bebê, banho do neném, sinais do parto, etc...Fiquei com muita vontade de fazer para tentar me preparar melhor, e ao mesmo tempo pensei que com essa grana eu poderia resolver outras coisas. Foi quando num desses fóruns de bebês alguém falou que a empresa Cell Preserve, que faz um trabalho com células do cordão umbilical de bebês ia dar uma palestra de graça de 4 horas para gestantes...Bom, parece que é nessa que vamos!!
De vez em quando não tem jeito, eu acabo cedendo aos apelos da indútria e me pego preocupada com o kit berço, bolsa disso e daquilo, e meu lado racional fala logo, o Davi não precisa disso, antigamente os pais compravam os lençóis de berço e ponto final...Pra quê tanto protetor, se a proteção maior é de Deus.
Enfim, quem tá na chuva acaba se molhando mas acho que é preciso dosar, usar do bom senso de cada um, porque dinheiro não é capim...beijoca!!!

1 comentários:

Valêska disse...

Vivi, o mundo progride amiga!!! Antes tbm não tinha computador, celular e outras mil coisitas a mais. Concordo que tem muita bobeira e inutilidades mas, por outro lado, tem coisas que vem para facilitar a vida da mulher e da nova mamãe. Foque no que realmente lhe será útil pq isso se tornará custo/benefício e quem ganha é você e Davi. Bjão